7 Fatos sobre Warren Buffett

Colaborador do Torcedores

Quem costuma acompanhar os noticiários sobre economia e investimentos certamente já deve ter se deparado, em algum momento, com o nome de Warren Buffett. Ora, estamos falando apenas de um dos maiores investidores do mundo e o detentor da terceira maior fortuna entre os mais ricos do planeta, segundo a revista Forbes.

A riqueza de Warren Buffett não foi algo que veio da noite para o dia. Trata-se do resultado de uma vida inteira dedicada aos investimentos e do esforço do nosso protagonista como empreendedor e homem de negócios.

A história de Warren Buffett tem muito a nos ensinar, pois ela mostra como os investimentos de longo prazo podem fazer uma grande diferença na vida de qualquer investidor.

Pensando nisso, separamos 7 fatos sobre Warren Buffett, mas há muito que falar acerca desse que é considerado o investidor mais bem-sucedido do século XX.

Espero que, assim como eu, você também possa se inspirar com os ensinamentos que podemos retirar da vida desse homem.

Quem é Warren Buffett

Warren Buffett nasceu em agosto de 1930 na cidade de Omaha, que fica no estado de Nebraska, nos EUA e desde criança já demonstrava ter um espírito empreendedor e interesse em fazer dinheiro.

Crédito da imagem: Johannes Eisele – CNBC.

Ainda pequeno, ele chegou a vender produtos de porta em porta para ganhar algum dinheiro, tais como balas, revistas e refrigerantes.

Seu avô por parte de pai era dono de um comércio em Omaha e Buffett chegou a trabalhar com ele durante algum tempo.

Quando terminou o ensino médio, Buffett já possuía uma quantia considerável de dinheiro em suas mãos, cerca de US$ 90 mil.

Aos 19 anos já era bacharel em Administração pela Universidade da Pensilvânia. Um ano após a sua graduação, ele também se tornou Mestre em Economia.

Segundo Buffett, a sua principal influência para ter iniciado no mundo dos negócios é o seu pai, que era corretor na Bolsa de Valores norte-americana.

Além disso, ele também afirma que foi bastante influenciado por dois analistas econômicos norte-americanos: Benjamin Graham e Fisher.

A história de vida de Warren Buffett ainda nos revela uma série de detalhes inspiradores e que certamente servirão de guia para quem está começando no mundo dos negócios.

Para saber mais sobre essa história, confira o artigo especial sobre a história de Warren Buffett publicado aqui na EuQueroInvestir.

Carreira e fortuna

A vida de Warren Buffett é repleta de verdadeiras lições de empreendedorismo e dedicação aos investimentos.

Além de ter trabalhado para seu avô, Warren Buffett também trabalhou como vendedor na empresa de seu pai (Buffett-Falk e Co.), isso ainda em 1951.

Em seguida, ele trabalhou como analista na empresa Graham-Newman Corp. por dois anos. Também foi sócio da empresa Buffett Partnership, Ltd. entre os anos de 1956 e 1969 até que, em 1970, adquiriu a Berkshire Hathaway Inc., empresa na qual é diretor até os tempos atuais.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Crédito da imagem: CBS News – Business Insider.

Também foi na Berkshire Hathaway que Buffett fez a maior parte de sua fortuna.

Para que você tenha uma ideia da grandiosidade da Berkshire Hathaway, o seu valor de mercado era estimado no ano de 2014 em US$ 309,1 bilhões, maior que o PIB (Produto Interno Bruto) de dezenas de países.

A Berkshire Hathaway atua principalmente nos mercados têxtil e de seguros. Hoje, a empresa sediada na cidade natal de Warren Buffett é responsável por empregar milhares de pessoas, além de ser a detentora de muitas outras empresas nos mais diversos ramos de atuação.

Warren Buffett se tornou milionário antes mesmo de começar na Berkshire Hathaway. Em 1962, graças aos seus sócios, ele já possuía em sua poupança cerca de US$ 1.025.000,00.

Parte desse dinheiro foi utilizada justamente para adquirir ações da Berkshire Hathaway que, na época, podiam ser compradas por cerca de US$ 10 cada.

Nos tempos atuais, uma única ação dessa empresa pode chegar a valer US$ 100 mil no mercado.

7 fatos sobre Warren Buffet

Agora que você já sabe quem é Warren Buffett e conheçe um pouco de sua história, chega o momento de listar alguns fatos importantes (e curiosos) sobre a sua vida.

Você sabia que ele já foi considerado o homem mais rico do mundo? Além disso, sabia que ele já chegou a ganhar por dia mais do que a famosa atriz Jennifer Lawrence ganhou em um ano?

Confira a seguir 7 fatos sobre Warren Buffett que certamente irão te inspirar:

  1. Warren Buffett começou cedo como acionista

Desde criança, Warren Buffett já demonstrava interesse em dinheiro. Ainda criança, durante uma visita a Nova Iorque, ele fez questão de fazer uma visita ao New York Stock Exchange, onde comprou as suas primeiras ações.

Um detalhe importantíssimo nessa história: ele tinha apenas 10 anos de idade!

Isso mostra como a visão de longo prazo é importante para qualquer investidor, pois, ainda muito novo, Warren Buffett já pensava em investir e ter dinheiro no futuro.

Prova disso é que chegou a acumular uma boa quantidade de dinheiro antes mesmo de ingressar no ensino médio. Tanto que foi possível investir em uma empresa de seu pai e comprar uma fazenda com esse dinheiro.

  1. A maior parte da fortuna de Warren Buffett foi obtida depois que ele completou 50 anos

Apesar de sua trajetória de sucesso, aos 52 anos a fortuna de Warren Buffett era de apenas US$ 376 milhões.

Aos 59 anos, Warren Buffett acumulava pouco mais de US$ 3,8 bilhões em seu bolso. Hoje, o seu patrimônio líquido chega a US$ 85,3 bilhões e o coloca como o terceiro homem mais rico do mundo, segundo a revista Forbes.

Na frente de Warren Buffett estão apenas os bilionários Jeff Bezos e Bill Gates, sendo esse último muito amigo de Buffett.

Cerca de 94% de toda a fortuna de Warren Buffett só veio depois que o investidor completou os 60 anos de idade, o que mostra o quanto é importante investir com foco no longo prazo.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By amenic181.

  1. O seu sogro disse que ele falharia

Warren Buffett se casou em 1951 com Susan Thompson, a sua primeira esposa com quem teve três filhos.

No ano anterior, durante uma conversa com o seu futuro sogro, este disse que não confiava no futuro de Buffett e acreditava que ele falharia, não por sua culpa, mas por conta do Partido Democrata, que estava no poder naquela época.

Aposto que ele não imaginava o que aconteceria nos anos seguintes. Se ele estivesse aqui para ver onde Buffett chegou, certamente estaria arrependido daquelas palavras.

“Falhar” parece uma palavra que não consta no dicionário de Warren Buffett, pois a sua carreira mostra exatamente o contrário.

  1. Se você teve oportunidade, deveria ter investido na Berkshire Hathaway

Quando Warren Buffett se tornou o acionista majoritário da Berkshire Hathaway, as ações da companhia valiam algo em torno de US$ 19 no mercado.

Em setembro de 2016, essas mesmas ações estavam cotadas em quase US$ 225 mil.

Impressionante, não é mesmo?!

Dessa forma, se em 1964 você tivesse investido mil dólares na empresa de Buffett, hoje com certeza estaria em alguma praia mundo afora curtindo os seus mais de onze milhões de dólares.

Isso mostra o quanto o tempo é um dos melhores aliados dos investidores. Aquela ação que você comprou despretensiosamente hoje poderá valer dez, cem ou até mil vezes mais daqui a alguns anos.

Pense nisso quando for investir.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

  1. Filantropia

Além de ser um dos homens mais ricos do mundo, Warren Buffett também é um dos maiores filantropos da história.

Ao longo de sua vida, Buffett já doou quase US$ 30 bilhões a projeto de caridade e essa cota aumenta a cada dia.

Para você ter uma ideia, entre os anos de 2014 e 2016, Buffett doou anualmente US$ 2,8 bilhões a instituições filantrópicas, o que equivale a cerca de R$ 8,7 bilhões.

Buffett também faz parte de algumas iniciativas sociais muito importantes, como a Giving Pledge (“Promessa”, em tradução livre).

Trata-se de um projeto criado por Bill Gates e que tem como objetivo estimular que os que os bilionários doem pelo menos a metade de suas fortunas a projetos sociais.

Ainda em 2006, Buffett declarou que doará 85% de sua fortuna a associações filantrópicas e, desde então, tem feito transferências de dinheiro às instituições beneficiadas.

  1. Mesmo sendo extremamente rico, sua vida não tem ostentação

Diferentemente da maioria dos ricos, Warren Buffett prefere levar uma vida simples e sem ostentação.

Ele mora na mesma casa que comprou em 1958, pela qual pagou US$ 31,5 mil. É claro que ele poderia morar em qualquer mansão de milhões de dólares hoje em dia, contudo, ele prefere ficar em sua casinha simples.

A sua esposa faleceu em 2004, mas em 2006 ele se casou novamente com Astrid Menks, que era sua colega de trabalho.

Buffett também dirige o próprio carro e não utiliza celulares ou computadores. Quando precisa falar com alguém, o que ele faz é usar o telefone ou encontrar-se pessoalmente.

  1. O estilo de vida Warren Buffett pode te surpreender

No dia a dia, ele se alimenta como uma criança de seis anos, ou seja, toma muito refrigerante, come sorvete, batatas fritas e hambúrgueres.

Crédito da imagem: REUTERS/Rick Wilking.

No entanto, mesmo já tendo passado da casa dos 80 anos, Buffett se mantém forte e saudável.

Segundo ele mesmo, antes de começar a se alimentar assim, pesquisou sobre qual era a população que tinha menos chance de morrer e descobriu que eram as crianças com seis anos de idade.

Desde então, Buffett passou a comer como uma criança de seis anos.

Além disso, Buffett também é um leitor assíduo. Ele diz que dedica cerca de 80% do seu tempo à leitura e que isso o ajuda a ter raciocínios diferenciados. Para ele, as pessoas deveriam ler cerca de 500 páginas diariamente para se tornarem sábias.

Considerações finais

Os 7 fatos sobre Warren Buffett nos mostram o quanto a história desse homem é inspiradora, tanto para os grandes investidores quanto para quem está começando agora.

Como visto anteriormente, Buffett começou a investir desde cedo e manteve o foco até se tornar um dos investidores mais importantes de toda a história.

Para ser como ele, é importante que você aprenda a ter paciência e perseverança, pois investir no longo prazo pode parecer difícil, mas a recompensa no final é muito maior.

Aproveito para te convidar a fazer um teste de perfil de investidor aqui na EuQueroInvestir. Esse é o primeiro passo para quem quer começar a investir, mas também pode ajudar quem já investe a definir melhor o rumo de suas aplicações.

Espero que, assim como eu, você tenha se inspirado com a vida de Warren Buffett e que possa ter sucesso em seus investimentos.